Pesquisa
Minha Conta
Meus favoritos
0
Seu carrinho está vazio :(
O que você está procurando?
x
Na História

29 de Junho: São Paulo Apóstolo, Vida e História.

Publicado em 24.06.2021 |
22 visualizações

São Paulo foi um apóstolo de Cristo, um dos maiores propagadores do cristianismo. Autor de treze epístolas do Novo Testamento. Antes de se converter, era conhecido como Saulo e perseguia os discípulos de Jesus nos arredores de Jerusalém.

São Paulo, Apóstolo nasceu em Tarso, na Cilícia, atual Turquia. Recebeu dois nomes: Saulo (em hebreu) e Paulo (em romano). Seus pais eram judeus, mas gozavam dos privilégios da cidadania romana.

Paulo passou os primeiros anos de sua vida em meio a comunidade judaica. Em sua Juventude, foi enviado a Jerusalém, onde deveria se familiarizar mais com a religião e a cultura hebraica. Em Jerusalém;  Paulo estudou no templo de Salomão.

Durante cinco anos, foi educado como discípulo de Gamaliel, rabino influente e de renome. Estudou a Lei Oral, conjunto de tradições que regulava todas as atividades da vida cotidiana. Paulo se preparava para ser um rabino na mais ortodoxa das seitas judaicas.

No fim de seus estudos, Paulo retornava a Tarso. Nessa época, ocorreram os grandes eventos do cristianismo. Desde 26 D.C, Jesus anunciava o Evangelho, entre 28 e 30 D.C, a morte e a ressurreição de Cristo.

Quando Paulo chegava em Jerusalém, em 29 D.C, os discípulos de Jesus eram mais de cinco mil. A maioria dos judeus, incluindo Paulo, não acreditavam ainda que, aquele fosse o Messias. Paulo se tornou perseguidor das primeiras comunidades cristãs e participou do apedrejamento do apóstolo Estêvão.

 

Conversão ao Cristianismo:

No Caminho para Damasco, São Paulo teve uma visão de uma forte luz e Jesus lhe questiona sobre as perseguições. No mesmo instante, ficou cego e durante três dias se entregou às orações.

Por ordem de Jesus, Ananias vai a seu encontro, prepara seu batismo, põe a mão em sua cabeça e no mesmo instante, Paulo recupera sua visão e fica impressionado e então, converte-se ao cristianismo.

Para mudar seus pensamentos, foi para o deserto da Arábia. Por lá faz diversas expedições missionárias pregando o evangelho de Cristo.

Em 44 D.C , após três anos pregando em Tarso, foi para Antioquia, capital da província da Síria. Entre 49 e 53 D.C , São Paulo realizou sua segunda viagem missionária. Entre outras cidades, foi a Macedônia, Acaia, Filipes, Atenas e Corinto.

Em 58 D.C, em Jerusalém, foi acusado de ter pregado contra e Lei e além de ter introduzido um gentio, no templo. Após ter sido preso, São Paulo é enviado a Roma, onde seria julgado por um tribunal de César, mas um naufrágio interrompe a viagem, Paulo consegue permissão para ficar em uma prisão domiciliar.

Até o Ano 62 D.C , Paulo escreveu suas epístolas, das quais treze conseguiram sobreviver: 1ª e 2ª Tessalonice, aos Gálatas, aos Filipenses, 1ª e 2ª  aos Coríntios, aos Romanos, a Filemon, aos Colossenses, aos Efésios, 1ª  e 2ª  aos Timóteo e aos Hebreus.

Em suas epístolas, São Paulo tratava da doutrina, da ética cristã e da organização da Igreja.

Em 64 D.C , após o incêndio em Roma, que recaiu sobre os cristãos, São Paulo é novamente preso e em 67 D.C, foi decapitado.

Fonte: Ebiografia